Wormhole

Aproveitando o gancho do post anterior…
Buraco de verme ou buraco de minhoca, ou ainda Ponte de Einstein-Rosen, é uma hipótese de um túnel no espaço -tempo, que vem sendo estudada a sério nas últimas décadas.

É sabido que a segunda dimensão é um “aglomerado” de infinitas primeiras dimensões, assim como a terceira dimensão é um “aglomerado” de infinitas segundas dimensões, podemos imaginar que o tempo é um “aglomerado” de terceiras dimensões.

Quando temos uma reta, para formar um plano, basta avançar verticalmente ou horizontalmente, registrando todas as linhas formadas. O mesmo ocorre quando queremos um cubo por exemplo, basta avançarmos em profundidade, registrando todos os planos formados. O mesmo deve ocorrer com o tempo, a cada instante que passa é registrado em algum lugar e em seguida, passa-se ao instante seguinte. O problema seria descobrir em qual direção o tempo avança.Vamos supor que o tempo avance na direção x, o buraco do verme poderia existir ao lado da recta “traçada pelo tempo” (o que até poderíamos chamar de destino) e, não tendo uma realidade atravessando este buraco, poderia caminhar livremente por ele .

 

worm3.jpg

Wormhole

No filme Contato, Ellie (personagem da Jodie) consegue fazer uma viagem ao espaço e passa por vários buracos de minhoca, dá pra ter uma boa noção de como supõe-se que a coisa se pareça.

Postado por Guida

Uma resposta para Wormhole

  1. renato disse:

    é realmente é mto legal o filme! mais oq queremos realmente saber é se existe ou n
    wormholes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: