Alguém aceita um MP2x10^23?

Uma coisa que acontece no mundo atual que me intriga muito é a imaginação do povo em criar novos produtos. Vivemos numa era de tecnologia onde já é possível ver que a grande tendência é a integração dos serviços e produtos em um só aparelho. Quem se lembra de quando o celular só fazia chamas e tinha uma “agenda” para 50 números?

celulares_da_segunda_geracao_com_camera_vibrador_mp3_memoria Pois bem, essa integração de recursos também gera algumas precipitações do homem, especialmente em dar nomes aos produtos. Um caso que me irrita profundamente é a questão dos MPx, onde x varia de um até o infinito. Parece que as pessoas esqueceram qual é a origem da sigla.

Se você possui um MP3, todos sabem que ele é um tocar de áudio. Um MP4, de vídeo. Algum fabricante com uma generalização muito apressada, ou querendo mesmo explorar o nome para que a população menos informada acredite no produto, resolveu integrar mais alguma coisa nele e denominá-lo MP5. Daí para o MP6, MP7, MP8, e MP9 (sim, eu já empregaram MP9 num celular/câmera/MP4 player) foi apenas uma questão de tempo.

Agora, vocês devem estar se perguntando por que eu me irrito tão facilmente com essa nomenclatura. Vamos voltar um pouco na história, na época dos MP3 (voltar na história pra mim seria voltarmos à era dos vinis, mas deixa pra lá) e observarmos o seguinte:
celulares_da_primeira_geracao_com_cameraQuando lançaram o produto MP3, na verdade MP3 Player (reprodutor de MP3), todos imediatamente ignoraram o player do nome do aparelho. Isso é mais que normal e aceitável. Na verdade MP3, em si, é um codec de áudio, ou seja, uma forma de compactar uma gravação de som para que ela ocupe menos espaço. O MP3 Player obviamente, é um aparelho capaz de reproduzir áudios que foram gravados com essa tecnologia.

O mesmo aconteceu com o MP4 Player, capaz de reproduzir arquivos do tipo MP4, um codec capaz de compactar vídeo. Ou seja, a diferença entre um MP3 Player, e um MP4 Player é o fato de ele ser capaz de reproduzir vídeos.

Como já disse, o fato do povo chamar os aparelhos respectivamente por MP3 e MP4, fez com que qualquer um com uma pequena observação criasse o MP5 e outros. Mas por favor, MP5 não existe ainda! Aquele que diz que já viu um, deve estar se referindo ao assim denominado aparelho. Mas, como mostrei com os dois exemplos acima, um suposto “MP5 Player” seria um aparelho capaz de reproduzir mídia do tipo MP5; que vem a ser um tipo que não existe ainda e nunca existiu. Só o fato de ter câmera, celular, lanterna, apontador laser, TV digital, ou mesmo um carro, não é suficiente para que o dispositivo venha a ser chamado de MP5! Muito menos MP6, e por aí vai! Qual é o problema dos fabricantes com a expressão “MP4 Player + Celular”? Eu sei que não é apelativa economicamente, mas pelo menos estaria correta e suportável tecnicamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: